Guarda Municipal realiza operação saturação na Zona Sul de Natal

0
200

A Guarda Municipal do Natal (GMN) iniciou um trabalho de segurança preventiva focado na técnica de saturação do ambiente, que consiste em ampliar demasiadamente o número de patrulhamento e abordagens em uma área considerada crítica do ponto de vista da insegurança. O programa de prevenção foi iniciado na noite da sexta-feira (02), pelo bairro Cidade Satélite, na zona Sul da capital.

A ação durou seis horas de patrulhamento intenso pelas ruas do bairro, mobilizando três viaturas operacionais, seis motocicletas de apoio e um efetivo de 18 guardas municipais. A medida amparada pela Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) foi tomada a partir do bairro de Cidade Satélite devido ao alto número de ocorrências registradas em crimes de roubos e furtos.

Na ocasião, diversos suspeitos foram abordados pelos guardas municipais, paradas de transporte coletivo, praças públicas e quadras de esporte da localidade foram patrulhadas. A ação recebeu apoio da população que elogiou o trabalho de prevenção da Guarda Municipal e apontou a necessidade do trabalho para levar segurança ao bairro.

De acordo com a secretária da Semdes, Mônica Santos, o trabalho de saturação intensifica a presença operacional da força de segurança e consegue manter a tranquilidade na área durante toda a ação. “É uma forma de contribuirmos ainda mais com a segurança do cidadão, pois com essa ação as rondas aumentam e a presença maior do guarda inibe a prática de crimes”, explicou.

O subcomandante de Segurança da GMN, Carlos Cruz, disse que já existe um plano pronto para que toda semana seja realizada uma atividade de saturação nas áreas residenciais de maior necessidade. “Diversos suspeitos foram abordados pelas guarnições no decorrer da noite, passaram por revista pessoal e receberam orientações dos agentes. É um trabalho importante para a segurança do cidadão e vários moradores de Cidade Satélite fizeram questão de parabenizar os guardas pelo serviço correto”, contou.

Durante a Operação Saturação as guarnições da GMN não registraram atos delituosos nas áreas de atuação, sendo todas as denúncias repassadas pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) averiguadas. A ação de saturação é uma das ferramentas preventivas que a GMN está utilizando de acordo com informações de inteligência para evitar e combater a prática de crimes.

Foto: Assessoria.

Deixe uma resposta