Em nova denúncia, Flordelis é acusada de maus-tratos contra netas

0
180

Por Metrópoles — O caso da deputada federal Flordelis dos Santos, acusada de ser a mandante da morte do marido, o pastor Anderson do Carmo, ganhou mais um capítulo. A parlamentar foi denunciada novamente: desta vez, por duas netas que a acusam de maus-tratos.

Raquel Silva e a irmã, uma adolescente de 16 anos que não teve o nome revelado, são filhas de Carlos Ubiraci, filho afetivo de Flordelis. Elas prestaram depoimento à polícia em novembro. As informações são do jornal Extra.

De acordo com o veículo de comunicação, as jovens moravam com o pai em uma casa independente no mesmo lote de Flordelis. No entanto, após desentendimentos, foram expulsas do local. Uma delas afirmou à Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG), no dia 11 de novembro, que foi chamada de “lixo” pela parlamentar.

Depois do xingamento, a adolescente teria se automutilado. Ela diz ter cortado o próprio braço com a frase “Eu S. um lixo”, conforme apurou o Extra. Segundo a menina, Flordelis afirmava que não gostaria de tê-la como filha e que teria motivos para ser chamada de “assassina” caso a garota fosse desobediente.

A jovem teria sido levada para uma casa de acolhimento de menores após decisão da Vara da Infância e da Juventude de Niterói. Flordelis negou a automutilação da neta afetiva. A menina aguarda autorização da Justiça para prestar depoimento.

Foto: Reprodução.

Deixe uma resposta