Marcelo Crivella é preso no Rio de Janeiro

0
183

Por Poder 360 – O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), foi preso na manhã desta 3ª feira (22.dez.2020) em operação do MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) e da Polícia Civil.

O político foi preso pouco antes das 6h em sua casa, na Barra da Tijuca, zona oeste da capital fluminense. Ele tem mais 10 dias de mandato à frente da Prefeitura. Em novembro, perdeu a eleição municipal para o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM).

Ao chegar à Cidade da Polícia, no bairro do Jacarezinho, na zona norte do Rio, Crivella falou rapidamente com jornalistas. Ele disse que a prisão é resultado de “perseguição política” e que seu governo foi “o que mais atuou contra a corrupção”.

A ação é um desdobramento da operação Hades, que investiga um suposto “QG da Propina” na Prefeitura do Rio de Janeiro. Também foram presos:

Rafael Alves, empresário suspeito de ser chefe do esquema e irmão de Marcelo Alves, ex-presidente da RioTur;
Fernando Moraes, delegado aposentado e ex-vereador no Rio de Janeiro;
Mauro Macedo, ex-tesoureiro da campanha de Marcelo Crivella.
Eduardo Lopes (Republicanos), que foi senador pelo Rio de Janeiro ao herdar vaga de Crivella, é um dos alvos, mas ele ainda não foi encontrado.

Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil.

Deixe uma resposta