Justiça dá prazo de 72 horas para prefeitura de Mossoró entregar informações solicitadas pela equipe de transição da gestão eleita

0
144

Por G1RN – A Justiça atendeu pedido do prefeito eleito de Mossoró, Allyson Bezerra (Solidariedade), e determinou prazo de 72 horas para a atual gestão do segundo maior município do Rio Grande do Norte entregar documentos solicitados pela equipe de transição.

Segundo a equipe de Allyson, os documentos não foram entregues e a ausência deles já compromete o planejamento da administração que vai começar no dia 1º de janeiro. O processo de transição entre a gestão da atual prefeita, Rosalba Ciarlini (PP), e a futura gestão, de Allyson Bezerra, começou no mês de novembro, após a eleição municipal de 2020.

Caso haja descumprimento, a multa prevista é de R$ 10 mil reais, conforme a decisão publicada pelo juiz plantonista Cládio Mendes Júnior nesta sexta-feira (25) – feriado de Natal.

Procurado pela Inter TV Costa Branca, o coordenador de transição da prefeitura de Mossoró, consultor Anselmo Carvalho, afirmou que está seguindo todo o trâmite legal e afirmou que entregou parte da documentação solicitada na última quarta-feira (23). Ele ainda declarou que ainda não tinha sido informado sobre a decisão da Justiça, mas que toda a documentação seria entregue até 31 de dezembro.

Entre as informações que ainda não teriam sido repassadas, estariam a relação de obras inacabadas ou paralisadas no município, a lista de cargos comissionados, além dos convênios existentes e as folhas salariais em aberto, se existirem.

Deixe uma resposta