‘Tragédia anunciada’: Barraca desaba, assusta banhistas e proprietário se recusa a remover destroços em praia do RN

0
323

Uma barraca desabou na praia da Barra do Cunhaú, em Canguaretama. Espalhados pela praia, os destroços do antigo estabelecimento seguem há mais de um mês no local, interrompendo a passagem de banhistas e assustando a população com o possível risco de desabamento. Apesar de todos os alertas já dados por membros da Prefeitura, o proprietário do local se nega a derrubar e remover o que restou da estrutura.

Moradores da região procuraram o Trampolim da Notícia e enviaram imagens da barraca, que foi atingida pela erosão. Já utilizada até como abrigo, populares relatam que é considerada uma “tragédia anunciada” e relembram o caso da praia de Pipa, em Tibau do Sul, quando, em novembro de 2020, uma família foi morta após o desabamento de parte de uma falésia.

Local turístico, um acidente não só poderia ocasionar em mortes, como também numa queda na arrecadação local, já que boa parte da praia em Canguaretama é dependente da renda oriunda de visitantes à Barra. Recentemente, no réveillon, o local recebeu um grande número de turistas. Próxima à praia da Pipa e à Baía Formosa, a praia tem obtido cada vez mais um índice relevante de visitantes.

Apesar dos alertas, a Prefeitura ainda não isolou o local, que serve de passagem por banhistas quando a maré ocupa maior espaço na faixa de terra. Nenhum aviso também foi incluído, para que seja alertado o perigo que representa o ambiente.

Deixe uma resposta